Logotipo Created with Sketch.

José Couto Júnior

História – Fundamental II - Escola Municipal Áttila Nunes - Rio de Janeiro, RJ

(Divulgação/FVC)

História – Fundamental II
As Caravanas: limites da visibilidade
Escola Municipal Áttila Nunes
Rio de Janeiro, RJ

A música As Caravanas, de Chico Buarque, fala sobre como moradores do subúrbio e de comunidades são vistos na Zona Sul do Rio de Janeiro. Ao ouvir a letra, José Marcos a julgou perfeita para dar continuidade a um projeto de 2017 sobre a questão da inserção do negro na sociedade e a ideia de invisibilidade social. Em 2018, o trabalho teve dois objetivos: ampliar o mundo dos alunos do 8º e 9º ano, levando-os a conhecer outros territórios e culturas, e contribuir para que desenvolvessem a escrita e a autoestima antes de ingressar no Ensino Médio. Canções de Chico, como Construção, Geni e o Zepelim, Ópera do Malandro, e de outros compositores geraram debates e produções textuais em que os estudantes criaram seguindo a mesma estrutura das letras das músicas estudadas. Também reescreveram a Lei Áurea imaginando como deveria ser a integração de ex-escravos. Saídas para o teatro e para o Centro Cultural Banco do Brasil levaram os jovens a espaços nunca antes visitados. Para valorizar seus textos de autoria, eles foram reunidos no livro Que sejam lidos, que sejam vistos.

“O objetivo do projeto foi mostrar às crianças que alguns setores da sociedade não as enxergam e estimulá-las a vencer isso. E elas foram se inserindo cada vez mais em mundos que antes diziam não lhes pertencer.”