Logotipo Created with Sketch.

Fundação Victor Civita apoia o Fórum Amarelas ao Vivo – Educação

Fórum Amarelas ao Vivo, de VEJA, discute caminhos para alcançar excelência na educação.

O fórum VEJA Amarelas ao Vivo – Educação: Saber é Poder, evento inspirado nas Páginas Amarelas da revista, aconteceu no dia 29/5, no Teatro Santander – São Paulo, patrocinado pelo GPA e com o apoio institucional da Fundação Victor Civita e do Instituto Mauá de Tecnologia.

O evento reuniu onze entrevistados para conversar sobre engajamento, tecnologia e exemplos de sucesso internacionais na educação. Durante o encontro, foi abordado que o Brasil, por enquanto, apresenta um ensino anacrônico quanto à demanda moderna – e tem muito que aprender com quem está fazendo direito o dever de casa.

A Finlândia, por exemplo, posicionou-se na vanguarda de mudanças ao propor uma educação com fronteiras diluídas entre disciplinas e com uma maior proximidade à realidade de solucionar problemas concretos. “Não foi fácil, houve resistência, mas estamos na trilha certa para uma escola mais interessante para as novas gerações”, revela a secretária da Educação de Helsinque, Marjo Kyllönen. Segundo ela, o Brasil pode se inspirar no modelo, sempre lembrando as diferenças que separam esses dois países.

O evento faz parte de uma série de encontros realizados por VEJA com foco nos principais temas do país. A primeira edição do Amarelas ao Vivo, realizada em novembro do ano passado, tratou do futuro do Brasil com a participação de diversos pré-candidatos à presidência. A segunda, ocorrida em abril, reuniu especialistas para falar sobre o impacto das redes sociais e das fake news na democracia.

Confira abaixo as falas mais emblemáticas dos 11 convidados dessa terceira edição, que reuniu nomes como Cármen Lúcia, presidente do STF; Maria Helena de Castro, educadora e socióloga; Leandro Karnal, historiador; e Sri Prem Baba, líder espiritual.

 (Divulgação/FVC)

Mais informações em: https://veja.abril.com.br/eventos/forum-amarelas-veja/