Logotipo Created with Sketch.
Fundação Victor Civita

Sala de Imprensa

Confira aqui as informações sobre os Educadores Nota 10 deste ano e a repercussão do Prêmio Educador Nota 10 na grande mídia.

Saiu na Mídia

<span>–</span>

(Renato Pizzutto/FVC)

Confira aqui os destaques da cobertura do Prêmio Educador Nota 10.

Compartilhe conosco a repercussão nas mídias nacionais e regionais dos participantes do Prêmio Educador Nota 10: premioeducadornota10@fvc.org.br

Educador do Ano - 2018

<span>–</span>

(Divulgação/FVC)

Na noite desta segunda-feira, 1º, foi realizada a cerimônia da 21ª edição do Prêmio Educador Nota 10, maior e mais importante prêmio da Educação Básica brasileira, e um dos mais respeitados no segmento na América Latina. Em uma Sala São Paulo bem cheia, o evento consagrou o professor José Marcos Couto Jr., do Rio de Janeiro (RJ), como o Educador do Ano.

José Marcos Couto Jr. é professor de História na Escola Municipal Áttila Nunes, em Realengo. Seu projeto, intitulado “As Caravanas: limites da visibilidade”, utilizou a música homônima de Chico Buarque, para trabalhar a inserção do negro na sociedade e a ideia de invisibilidade social. A iniciativa teve dois grandes objetivos: ampliar o mundo dos alunos do 8º e 9º anos, levando-os a conhecer outros territórios e culturas, e contribuir para que desenvolvessem a escrita e a autoestima antes de ingressar no Ensino Médio. “Uma das ações do Caravanas foi uma tarde de autógrafos. Os alunos assinaram os livros produzidos para os pais e conseguimos reunir quase 60 responsáveis nesse evento. Foi uma alegria tremenda”, conta.

Emocionado, José Marcos não conteve as lágrimas ao subir ao palco para receber seu troféu. “Eu não sei o que me fez ser escolhido, mas é uma honra muito grande de ter sido eleito no meio de tanta gente boa, tão apaixonada e com tanto brilho no olho pelo trabalho que realiza”, afirmou.

O Educador do Ano, encerrou sua fala, lendo um texto assinado pelos 10 vencedores do Prêmio: “Que poder tem uma voz? Uma voz tem o poder de mudar uma realidade. E se fossem dez vozes? Dez vozes que se levantam para falar a mesma língua e cantar a beleza da diversidade. Vozes que, em uníssono, lançam luz sobre as sombras do preconceito e da invisibilidade. Vozes que percorrem as linhas de fábulas e grandes autores, abrindo o caminho para o conhecimento. São vozes que desbravam o mundo dos números e convidam as famílias a fazer parte deste coro. Em um momento de descaso com nosso patrimônio, estas mesmas vozes nos fazem lembrar que um país que não respeita sua memória está fadado a repetir seus erros. Somos dez vozes, mas hoje somos uma, representando os milhares de educadores deste Brasil. E que esta voz nunca se cale. ”

Para valorizar seus textos de autoria, eles foram reunidos no livro ‘Que sejam lidos, que sejam vistos’. Para conhecer o livro escrito pelos alunos acesse “Que sejam lidos, que sejam vistos”.

Os 10 Vencedores do Prêmio Educador Nota 10 - 2018

<span>–</span>

(Renato Pizzutto/FVC)



Ana Cláudia Santos
Língua Portuguesa / Ensino Médio
O ser(tão) de cada um
EE Padre Paulo
Santo Antônio do Monte, MG


“O que me motivou a desenvolver o projeto foi o desejo de ver renascer o interesse pela literatura e reencontrar em narrativas temas universais inspirados na cultura popular, que traduzem valores e saberes humanos.”

Release Vencedora_Santo Antônio do Monte (MG)


Ana Paula Teixeira de Mello
Geografia / Fundamental II
O meu lugar: educação e memória de Niterói
Escola Municipal Levi Carneiro
Niterói, RJ


“Trabalhar Educação Patrimonial ajuda a fortalecer a relação dos jovens com os bens culturais e naturais, sensibilizando-os sobre a sua responsabilidade na valorização e preservação do patrimônio.”

Release Vencedora_Niterói (RJ)


Cristiane Dias
Língua Estrangeira/ Fundamental II
We speak the same language
EEB Maria José Hulse Peixoto
Criciúma – SC


“Cumpri o objetivo de tornar aluno cada vez mais proficiente em inglês, e, ao mesmo tempo, espero ter plantado a semente da tolerância, do respeito e da diversidade.”

Release Vencedora_Criciúma (SC)


Elenir Aparecida de Oliveira Novaes
Matemática / Fundamental I
De cor e salteado
Escola Municipal Campos do Amaral
São Sebastião do Paraíso, MG


“Assumi um compromisso e dediquei tempo à minha própria formação para ter condições de atuar eficazmente no processo de aprendizagem dos meus alunos.”

Release Vencedora_São Sebastião do Paraíso (MG)


Ivonete Bento da Silva Dezinho
Matemática / Fundamental II
De pai para filho – uma abordagem do ensino da matemática nas profissões
EMEF Professor Milton Dias Porto
Naviraí, MS


“A troca de experiências entre alunos, pais, comunidade e professores aproximou, fortaleceu laços e trouxe aprendizagem para a vida escolar e pessoal. Dessa forma, a matemática, vista inicialmente com rejeição, foi aos poucos se tornando viva e funcional.”

Release Vencedora_Naviraí (MS)


José Marcos de Assis Couto Júnior
História / Fundamental II
As Caravanas: limites da visibilidade
Escola Municipal Áttila Nunes
Rio de Janeiro, RJ


“O objetivo do projeto foi mostrar às crianças que alguns setores da sociedade não as enxergam e estimulá-las a vencer isso. E elas foram se inserindo cada vez mais em mundos que antes diziam não lhes pertencer.”

Release Vencedor_Rio de Janeiro (RJ)


Marcos Ribeiro das Neves
Educação Física / Fundamental I – EJA
A desconstrução de preconceitos
CIEJA Campo Limpo
São Paulo, SP


“Esse trabalho pode inspirar professores que desejam atuar com os conhecimentos dos grupos que estão à margem da sociedade.”

Release Vencedor_São Paulo (SP)


Marinaldo Sarmento Souza
Língua Portuguesa/ Alfabetização – Fundamental I
Produção Textual do Gênero Fábulas
Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental Jupariquara
Barcarena, PA


“Como educador, tenho a consciência de que é minha a função de preparar para uma sociedade letrada, cidadãos críticos, ativos e pensantes sobre o seu papel independentemente do meio em que estão inseridos.”

Release Vencedor_Barcarena (PA)


Mauro Batista da Rosa Junior
Arte / Fundamental II – EJA
Vagas de Luz: Às sombras do preconceito
EMEB Isidoro Battistin
São Bernardo do Campo, SP


“Os estudantes escolheram o teatro de sombras para colocar luz aos olhos dos espectadores, fazendo-os refletir sobre questões ligadas ao racismo, machismo, homofobia e o preconceito contra presidiários e ex-presidiários.”

Release Vencedor_São Bernardo do Campo (SP)


Mikael Miziescki
Arte / Fundamental II
Morro Grande em Arte
EMEF Prefeito Dário Crepaldi
Morro Grande, SC


“O projeto surgiu a partir da necessidade de encontrar, em Morro Grande, espaços para expor, debater, refletir e contextualizar a arte inquietada pelos alunos, ampliando seus horizontes e revisitando suas memórias.”

Release Vencedor_Morro Grande (SC

Os vencedores e finalistas do Prêmio Educador Nota 10

Conheça mais sobre os vencedores e finalistas das últimas edições clicando aqui.