Logotipo Created with Sketch.
Educador Nota 10

Conheça aqui a Academia de Jurados 2018

Conheça o time de especialistas que compõe a Academia de Jurados e escolhe o(a) Educador(a) do Ano.

A Academia de Jurados é totalmente independente. Composta por cinco grandes especialistas em Educação, ela é responsável por eleger o(a) Educador(a) do Ano. Seus membros são permanentes e têm autonomia para indicação no caso de substituição. Além deles, a Academia conta, pelo segundo ano consecutivo, com uma jurada internacional. Conheça mais sobre eles:

Ana Inoue

<span>–</span>

(Renato Pizzutto/FVC)

Desde 2005, dirige o Centro de Estudar Acaia Sagarana no Instituto Acaia, voltado ao atendimento de alunos da rede pública para que ganhem autonomia de estudo e possam ingressar em boas universidades. Também desenvolve, desde 2006, um trabalho de assessoria e acompanhamento dos projetos de educação financiados pelo Itaú BBA.

Graduada em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP), desde 1977 dedica-se a atividades na área educacional. Foi professora, coordenadora e formadora de professores. Coordenou os Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental e o Referencial Curricular Nacional da Educação Infantil e trabalhou com várias redes públicas estaduais e municipais como consultora para o Ministério da Educação (MEC). Foi membro do Conselho Estadual de Educação de São Paulo (2015-2017). Atua em diversos conselhos de organizações não governamentais, de fundações e de instituições, como Todos pela Educação, Instituto Natura e Associação Parceiros da Educação.

Anna Helena Altenfelder

Atual Presidente do Conselho de Administração do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), trabalha há mais de quinze anos na organização, tendo atuado como superintendente, pesquisadora, formadora, autora de materiais de orientação para professores e gerente de projetos.

Pedagoga com especialização em psicopedagogia pelo Instituto Sedes Sapientiae, Anna Helena também é mestre e doutora em Psicologia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Foi professora e coordenadora pedagógica do ensino básico e docente de disciplinas e supervisão de estágio em cursos de pós-graduação latu senso em Psicopedagogia.

Ítalo Dutra

Chefe da área de Educação do UNICEF no Brasil. Tem Doutorado em Informática na Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2006), Mestrado em Matemática (1998) e graduação em Matemática pela Universidade Federal do Rio Grande (1995). Sua experiência educacional inclui atuar como responsável pela área de educação no UNICEF, coordena ações de educação continuada para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, tecnologia, e foco em adolescentes em situação de distorção idade-série. Foi Diretor de Currículos e Educação Integral no Ministério da Educação (2015-2016) e, nessa oportunidade, coordenou a discussão nacional da Base Nacional Comum Curricular.

Lino de Macedo

<span>–</span>

(Renato Pizzutto/FVC)

Professor titular aposentado no Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP), onde exerceu também as funções de Diretor, Vice-Diretor, Chefe de Departamento e Coordenador da Pós-graduação em Psicologia Escolar e Desenvolvimento Humano. Pesquisa o valor dos jogos na Psicologia e Educação como recurso de observação e promoção de processos de aprendizagem e desenvolvimento, na visão de Piaget. É considerado uma autoridade em psicologia do desenvolvimento e um reconhecido supervisor, pesquisador e orientador de projetos voltados para a educação e a saúde da criança. Atualmente é assessor do Instituto Pensi, braço de ensino, pesquisa e projetos sociais da Fundação José Luiz Egydio Setúbal, mantenedor do Hospital Infantil Sabará.

Graduado em Pedagogia pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de São José do Rio Preto (atual UNESP), Lino é mestre, doutor e livre docente em Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Participou do grupo que concebeu o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e o atual currículo do Ensino Fundamental II e do Ensino Médio do Estado de São Paulo. É membro do Comitê Científico e do Conselho Deliberativo do Núcleo Ciência pela Infância (NCPI) e da Academia Paulista de Psicologia.

Rodrigo Hübner Mendes

<span>–</span>

(Renato Pizzutto/FVC)

Fundador e superintendente do Instituto Rodrigo Mendes, organização sem fins lucrativos cuja missão é garantir que toda pessoa com deficiência tenha acesso a uma educação de qualidade na escola comum. O Instituto desenvolve programas de pesquisa, formação continuada e controle social. Nos últimos anos, formou educadores em 20 Estados brasileiros, tendo impactado 1,5 milhão de estudantes das redes públicas de ensino. Seu portal sobre educação inclusiva, o diversa.org.br, oferece uma biblioteca com referências sobre como acolher as diferenças humanas nas escolas.

Rodrigo é mestre em Gestão da Diversidade Humana pela Fundação Getúlio Vargas e atua como professor e pesquisador na área da educação inclusiva. Foi aluno do curso de Liderança e Políticas Públicas para o século XXI na Kennedy School of Government , da Universidade de Harvard, nos EUA. É empreendedor social Ashoka e membro do Young Global Leaders (Fórum Econômico Mundial). Desde 2015, trabalha como consultor para a UNESCO e para o governo de Angola.

Tania Andrea Gil

Economista pela Universidad Nacional de Rosario – UNR, Rosario, Argentina e com Mestrado em Políticas Educativas pela Universidad Torcuato Di Tella, Buenos Aires, Argentina. Formada professora de Ensino Médio no Instituto 20 de Buenos Aires, deu aula em escolas públicas (urbanas e rurais) na província de Buenos Aires. É pesquisadora em assuntos educacionais, com pesquisas publicadas para a OEI – Organização dos Estados Iberoamericanos e Diálogo Interamericano. É responsável pela área de Monitoramento e Avaliação da Fundação Varkey Argentina.