Logotipo Created with Sketch.

Ivonete Dezinho

Confira aqui mais informações sobre o trabalho.

Educadora Nota 10

2018

A Matemática que existe em cada profissão

Observando os familiares, alunos entendem como resolver problemas na prática

Educadora Nota 10: Ivonete Dezinho
EMEF Professor Milton Dias Porto Naviraí, MS
Matemática
Ensino Fundamental II

Projeto: De pai para filho – uma abordagem do ensino da matemática nas profissões
Número de alunos: 30
Duração do trabalho: 5 meses
Resumo: A Matemática está presente na vida cotidiana e os alunos do 8º ano começaram a se dar conta disso quando pesquisaram como essa ciência aparece no exercício de profissões de garçom, padeiro, astronauta, médico pediatra, arquiteto e chefe de cozinha. Até então, a disciplina era alvo de rejeição da turma. Orientados por Ivonete, os estudantes também conversaram com familiares sobre como eles lidam com números no dia a dia. Descobriram que seus pais e avós têm estratégias de cálculos próprias e interessantes e que unidades de medida, juros, porcentagem, orçamento doméstico, perímetro e área, dentre outros temas, são conhecimentos importantes e, mais do que isso, possíveis de serem aprendidos na escola.
Por que o trabalho foi premiado?
“A professora percebeu a potencialidade de aproximar o conteúdo e as habilidades trabalhadas em aula com a matemática utilizada diariamente pelos pais ou responsáveis no exercício de suas profissões. Planejou o ensino de uma forma diferente associada à participação dos pais como agentes educadores, trazendo seus conhecimentos para a escola. Dessa forma, tornou a matemática acessível, despertou o interesse pela disciplina, fez os estudantes perceberem a ligação entre os conteúdos e as atividades práticas cotidianas, desenvolveu a autonomia deles na resolução de situações-problema, valorizou os conhecimentos matemáticos de todos os envolvidos no projeto, incentivou o trabalho em equipe, melhorou as relações ente aluno-professor, aluno-aluno e aluno-professor-familiares. Tudo isso melhorou os resultados das atividades individuais e coletivas e das avaliações.” Saddo Ag Almouloud, coordenador do curso de Pós-Graduação em Educação Matemática da PUC SP e selecionador do Prêmio Educador Nota 10