Flávia Roberta Alves Costa

Educadora Nota 10

2017

Inspirações indígenas na escola

Projeto mostra como a Arte pode quebrar estereótipos sobre os índios e ampliar o repertório dos estudantes
Educadora Nota 10: Flávia Roberta Alves Costa
Escola Municipal Divino Espírito Santo
Recife – PE
Artes
6º ano
Projeto: Inspirações Indígenas
Número de alunos: 100
Duração do trabalho: 2 meses
Resumo do projeto:
A professora Flávia fez uma pesquisa etnográfica para conhecer as comunidades indígenas de Pernambuco e sua produção artística. Em seguida, envolveu os alunos do 6º ano e suas famílias em outra pesquisa sobre a descendência indígena dos alunos. Na escola, eles tomaram contato com o tema por meio de contação de histórias e apreciação de imagens e receberam a visita dos Fulni-ô. A turma entrevistou os indígenas, assistiu e participou de danças e conheceu as pinturas corporais deste povo. Os alunos fizeram desenhos de observação de artefatos, criaram tramas com papel e pintaram grafismos e palavras no corpo, propostas que diferenciam os processos de criação dos indígenas e os dos estudantes. O projeto valorizou a relação das crianças com suas raízes e com sua construção de identidade como povo brasileiro.
Por que o trabalho foi premiado?
“O primeiro aspecto que chama a atenção é a postura investigativa de Flávia: ela pesquisou e aprofundou seus conhecimentos sobre o assunto e estabeleceu contato real com os povos indígenas com os quais decidiu trabalhar. Eleger comunidades próximas da cidade reforçou sua intenção de provocar impacto e transformações nas concepções iniciais dos estudantes, tanto no âmbito escolar como na construção de identidade e na ruptura de preconceitos. Ao propor uma experiência real de contato, valorizou a relação dos estudantes com suas raízes indígenas e a sua participação na constituição do povo brasileiro, além de mostrar a atuação das comunidades indígenas na sociedade. O segundo aspecto que diferencia o projeto é o tratamento didático dado às propostas práticas, com foco nos processos: pinturas corporais com imagens e palavras e trançados usando papel, um material escolar e reciclado. Dessa forma, Flávia dotou de sentido as aprendizagens dos alunos e diferenciou os modos de produção entre a arte indígena e a dos estudantes.”
Marisa Szpigel é professora de Arte do Ensino Fundamental II na Escola da Vila e selecionadora do Prêmio Educador Nota 10
[abril-veja-tambem]W3sidGl0bGUiOiJFc3RlIGFsdW5vIHRhbWLDqW0gw6kgw61uZGlvIiwibGluayI6Imh0dHBzOi8vbm92YWVzY29sYS5vcmcuYnIvY29udGV1ZG8vOTAyMC9lc3RlLWFsdW5vLXRhbWJlbS1lLWluZGlvIiwiaGVhZGluZyI6IlJldmlzdGEgTm92YSBFc2NvbGEgIiwiaGVhZGluZy1saW5rIjoiIn0seyJ0aXRsZSI6IkZsw6F2aWEgdXNvdSBhIGFydGUgaW5kw61nZW5hIHBhcmEgYXByb3hpbWFyIHRyaWJvcyBkYSBzYWxhIGRlIGF1bGEiLCJsaW5rIjoiaHR0cHM6Ly92ZWphLmFicmlsLmNvbS5ici9lZHVjYWNhby9mbGF2aWEtdXNvdS1hLWFydGUtaW5kaWdlbmEtcGFyYS1hcHJveGltYXItdHJpYm9zLWRhLXNhbGEtZGUtYXVsYS8iLCJoZWFkaW5nIjoiVmVqYS5jb20iLCJoZWFkaW5nLWxpbmsiOiIifSx7InRpdGxlIjoiRWR1Y2Fkb3IgTm90YSAxMDogRWxhcyB2YWxvcml6YW0gYSBjdWx0dXJhIGluZMOtZ2VuYSIsImxpbmsiOiJodHRwczovL3ZlamEuYWJyaWwuY29tLmJyL3R2ZWphL2VtLXBhdXRhL2VkdWNhZG9yLW5vdGEtMTAtZWxhcy12YWxvcml6YW0tYS1jdWx0dXJhLWluZGlnZW5hLyIsImhlYWRpbmciOiJWw61kZW8gZW0gVmVqYS5jb20iLCJoZWFkaW5nLWxpbmsiOiIifSx7InRpdGxlIjoiRWxhcyBlIGVsZXMgdHJhbnNmb3JtYW0gYSBFZHVjYcOnw6NvIiwibGluayI6Imh0dHBzOi8vbm92YWVzY29sYS5vcmcuYnIvY29udGV1ZG8vOTAxNS9lbGFzLWUtZWxlcy10cmFuc2Zvcm1hbS1hLWVkdWNhY2FvIiwiaGVhZGluZyI6IlJldmlzdGEgTm92YSBFc2NvbGEiLCJoZWFkaW5nLWxpbmsiOiIifSx7InRpdGxlIjoiRmzDoXZpYSBDb3N0YSBmYWxhIHNvYnJlIHNldSB0cmFiYWxobyBjb21vIHByb2Zlc3NvcmEgZGUgYXJ0ZXMgZW0gdW1hIGVzY29sYSBtdW5pY2lwYWwgIiwibGluayI6Imh0dHBzOi8vZ2xvYm9wbGF5Lmdsb2JvLmNvbS92LzY3OTQ4OTgvP3V0bV9zb3VyY2U9d2hhdHNhcHAmdXRtX21lZGl1bT1zaGFyZS1iYXIiLCJoZWFkaW5nIjoiR2xvYm9wbGF5IC8gQ29udmVyc2EgY29tIEJpYWwiLCJoZWFkaW5nLWxpbmsiOiIifV0=[/abril-veja-tambem]