Logotipo Created with Sketch.

Ele é um dos 10 melhores educadores do mundo!

Diego Mahfouz Faria Lima, Educador do Ano de 2015, está entre os finalistas do Global Teacher Prize de 2018

O nome de Diego foi anunciado junto com outros nove na noite de 13 de fevereiro pelo bilionário e filantropo da Educação Bill Gates. O gestor de São José do Rio Preto (SP) concorreu com mais de 30 mil candidatos inscritos e indicados de 173 países. O Global Teacher Prize de 2018, organizado pela Fundação Varkey, é reconhecido como o prêmio Nobel da Educação. A cerimônia final acontece em março em Dubai, nos Emirados Árabes.

Um time de especialistas do mundo todo escolhe o docente que tenha feito a maior contribuição a sua profissão, impactando os alunos e a comunidade. Concorrem educadores que trabalham com crianças e jovens de 5 a 18 anos, ou seja, que estejam no ensino básico no Brasil. A missão do Global Teacher Prize é a mesma do Prêmio Educador Nota 10, ou seja, valorizar professores e gestores.

Diego iniciou como diretor em 2014, com apenas 27 anos, em uma escola que tinha notoriedade por ser violenta e ter baixos índices de aprendizagem. Por meio de alianças com a comunidade e dando voz a alunos e colaboradores, o gestor acabou com as depredações e reduziu a indisciplina, os índices de reprovação e evasão escolar. Tudo começou com uma reforma para dar dignidade ao local, que tinha paredes sujas e até queimadas pelos alunos. Atualmente a escola conta com projetos das áreas de artes e ciências no contraturno, tem relação sólida com a comunidade do bairro e conta com presença maciça de pais nas reuniões. Também segue com reuniões para mediação de conflitos e violência e tem estratégias para reduzir as faltas escolares. As iniciativas em conjunto transformaram a motivação de coordenadores, professores, pais e alunos.

Os 10 finalistas do Global Teacher Prize disputam o prêmio de US$ 1 milhão a ser anunciado em 18 de março, em Dubai. Os indicados se comprometem a doar parte do valor para investir em projetos educacionais em suas escolas. Em 2017, o professor Wemerson da Silva Nogueira, Educador do Ano de 2016, também ficou entre os 10 finalistas do Global Teacher Prize.